23 nov | Menisco

8.10.12.jpg

A Dra. Simone Valduga apresentou no dia 08/10 (segunda-feira) a estrutura funcional do menisco. Composto por fibras radiais e periféricas, essas cartilagens tem como funções estabilizar e reduzir o impacto nos joelhos.
O ligamento menisco femoral anterior une a parte posterior do menisco lateral ao ligamento cruzado anterior. O ligamento menisco femoral posterior, em contrapartida, desloca-se junto ao menisco lateral para a face articular fibular do côndilo medial do fêmur. O menisco discoide apresenta um tamanho maior em comparação a outros tipos. Medindo tamanho superior a 13 mm, seu desenvolvimento é bilateral.
A degeneração interna da fibrocartilagem meniscal é uma das deformidades mais comuns. Causada pelo stress crônico associado a carga axial, sua formação está ligada ao hipersinal intrassubstancial sem extensão a superfície articular. O diagnóstico diferencial, com isso, é dividido em vascularização em jovens abaixo de 12 anos, ossículo meniscal e ruptura meniscal.
A Dra. Simone citou como uma alternativa de tratamento de rupturas de menisco a sutura meniscal, além da meniscectomia parcial ou total. Rupturas longitudinais, periféricas e pequenas geralmente não exigem a realização de cirurgia.
A ruptura vertical inicia na porção periférica do corno posterior e avança em direção as fibras circunferenciais de colágeno. No plano sagital pode haver visualização de componente horizontal. O deslocamento de fragmento provoca a formação de flap e alça de balde. A alça de balde é uma ruptura vertical periférica com deslocamento medial de parte do menisco para a região intercondilar.

Galeria

<- Voltar